2º Workshop de Melhoramento Vegetal começa dia 14 na Embrapa Gado de Corte – Embrapa

Foto: Arte: Luiz Leal

Foto: Arte: Luiz Leal

 

Nesta terça-feira, 14 de junho, começa o 2º Workshop de Melhoramento Vegetal, com o tema “Biotecnologia Aplicada ao Desenvolvimento de Cultivares para o Cerrado Brasileiro”, que segue até o dia 16 na Embrapa Gado de Corte (Campo Grande, MS). A Diretoria da Regional de Mato Grosso do Sul, filiada à Sociedade Brasileira de Melhoramento de Plantas (SBMP), é responsável pela realização do evento, que tem como finalidade promover um fórum de discussões sobre os avanços e as estratégias biotecnológicas disponíveis para o melhoramento de culturas agrícolas importantes do Cerrado. 
 
O pesquisador da Embrapa Gado de Corte, Sanzio Barrios, atual presidente da Diretoria Regional de MS, acrescenta que o intuito é promover o melhoramento vegetal no estado. “O objetivo principal é reunir os profissionais que trabalham na área, seja de empresas multinacionais, pesquisadores de universidades e da Embrapa, além de contribuir para a formação de alunos despertando neles o interesse pelo tema”, afirma.
 
Inscrições encerradas
 
As inscrições para o workshop já foram encerradas no site do evento. As inscrições presenciais poderão ser feitas no dia 14 somente mediante disponibilidade, que deve ser consultada por contato telefônico ou Whatsapp  pelo número (67) 98127-2812.
 
Programação
 
A programação do Workshop inclui o curso “Melhoramento e biotecnologia aplicada ao desenvolvimento de cultivares de forrageiras tropicais”, com uma parte teórica e outra prática no campo, ambas a serem realizadas na Embrapa Gado de Corte.
 
As palestras a serem apresentadas no evento são: “Biotecnologia aplicada ao melhoramento de plantas”, com o professor da Universidade Católica de Brasília, Everaldo de Barros; “Seleção genômica: aspectos estatísticos e computacionais”, com o professor da Universidade Federal de Viçosa, Fabyano Fonseca e Silva; “Aspectos práticos para a implantação e resultados da seleção genômica em um programa de melhoramento”, com o professor da Esalq/USP Roberto Fritsche-Neto; “Aplicação e utilização de marcadores moleculares no melhoramento de espécies de importância agronômica”, com a professora da Unesp/Jaboticabal Sandra Trevisoli; “Aplicação dos marcadores moleculares no melhoramento genético da cana-de-açúcar: promessa ou realidade?”, com a professora da Universidade Federal de São Carlos Monalisa Carneiro; “Marcadores moleculares no desenvolvimento de cultivares forrageiras: identificação, aplicações e perspectivas”, com a pesquisadora da Embrapa Pecuária Sudeste Bianca Vigna; “Estratégias de engenharia genética para o desenvolvimento de plantas mais adaptadas a estresses abióticos”, com o pesquisador da Embrapa Soja Alexandre Nepomuceno; “Engenheirar é preciso: os desafios da modificação genética de espécies florestais”, com a pesquisadora da Embrapa Informática Agropecuária Isabel Gerhardt; “Desafios para o desenvolvimento e manutenção de tecnologias transgênicas para o controle de insetos”, com Renato Assis de Carvalho da Monsanto.
 
Realização
 
A realização do Workshop é da SBMP Regional Mato Grosso do Sul. Promoção: Embrapa e Universidade Federal da Grande Dourados. Patrocínio: Capes, Fundect, SBMP, Unipasto, Monsanto, Novilho Precoce MS, Sindicato Rural de Campo Grande e Aprosoja MS. Apoio: Fundação MS, Crea-MS e Sanesul.
 

Kadijah Suleiman (MTb 22729 RJ)
Embrapa Gado de Corte

Fonte: Embrapa

Foi útil a notícia? Seja o primeiro a comentar.
O URL curto do presente artigo é: http://ruralbook.com.br/SDBxo

Você pode gostar...

Seja o primeiro a comentar