Blockchain pode ser aplicado na rastreabilidade de produtos agrícolas

Tecnologia tem grande potencial de crescimento em cadeias produtivas que naturalmente exigem uma espécie de diferenciação, como, orgânicos e grãos não-geneticamente modificados

A tecnologia de blockchain pode ser uma aliada para identificação de origem e rastreabilidade de produtos agrícolas. É o que destaca Ulisses Mello, diretor do laboratório de pesquisas da IBM, em entrevista exclusiva para a reportagem do Portal Datagro.

Tecnologia blockchain pode chegar em breve ao agronegócio

Tecnologia blockchain pode chegar em breve ao agronegócio

Segundo Mello, o blockchain funciona como uma espécie de registro público digital de transações no qual o armazenamento de dados é descentralizado nos servidores que compõe a cadeia. O especialista acrescenta que em uma sequência de blockchain os dados inseridos passam a ser imutáveis, padronizados e criptografados, formando uma base de dados de confiança, na qual um bloco de informações está interligado ao outro. “Logo se alguém alterar algum dado acabará corrompendo todo o registro original, invalidando aquela cadeia de dados”, diz, acrescentando que “isso reduz as possibilidades de fraudes em transações, já que tudo está registrado publicamente e é de acesso universal”.

Segundo Mello, a tecnologia de blockchain, por exemplo, permitiria a identificação imediata de ocorrências negativas, como lotes de alimentos adulterados. De acordo com o especialista, a IBM vem desenvolvendo com a empresa Belagrícola um projeto focado na identificação de procedência e qualidade de grãos por meio da tecnologia blockchain. Na avaliação de Mello, no agronegócio a tecnologia blockchain tem grande potencial de crescimento em cadeias produtivas que naturalmente exigem uma espécie de diferenciação, como, orgânicos e grãos não-geneticamente modificados. “O blockchain pode ser uma espécie de certificação”, assinala. “A tecnologia está aí, o desafio agora é de convencimento e aplicação.”

 

Fonte: Universo Agro

Foi útil a notícia? Seja o primeiro a comentar.
Like
Like Love Haha Wow Sad Angry
O URL curto deste artigo é: https://wp.me/p49eYW-4V3

Você pode gostar...