WhatsApp - 94.99148.2775

Como ter uma pecuária cada vez mais sustentável será o foco do Circuito Feicorte NFT em Paragominas (PA)

Nos dias 7 e 8 e novembro, a cidade de Paragominas, líder do Projeto Pecuária Verde, sedia a última etapa do Circuito Feicorte NFT 2013.

Com um rebanho de 20 milhões de cabeças de gado, o Pará ocupa o 4º lugar no ranking dos maiores estados produtores brasileiros e tem como principal desafio aliar produtividade com sustentabilidade. Esse será o foco da etapa de Paragominas (PA), nos dias 7 e 8 de novembro, do Circuito Feicorte NFT, evento que vem percorrendo alguns dos principais polos de produção pecuária no Brasil para levar conhecimentos, discussões e tecnologias para produtores rurais.

O evento já passou ao longo de 2013 por Cuiabá (MT), Palmas (TO), Campo Grande (MS), Ji-Paraná (RO) e encerrará no Pará, estado que conta com mais de 330 mil propriedades dedicadas à pecuária de corte em 25 milhões de hectares de área. Em 51% dos municípios paraeneses, a pecuária é a principal atividade econômica.

No Circuito Feicorte, que é realizado pela primeira vez no Pará, os participantes poderão discutir com importantes especialistas brasileiros em dois dias de palestras, painéis e debates o tema “Eficiência na produção e comercialização da carne” a partir de uma visão de mercado, nutrição, sanidade, genética, pastagens, bem-estar animal, influência do clima, gestão e práticas sustentáveis.

Novidades na programação

O segundo dia do evento (8/11) terá um formato inovador e quatro painéis reunirão diversos elos da cadeia produtiva da carne para discutir um modelo de pecuária cada vez mais sustentável.

No primeiro painel intitulado “Construindo uma agenda única para a pecuária sustentável no estado do Pará” participarão o Procurador do Ministério Publico Federal, Daniel Azeredo, Fernando Yamada, da Associação Brasileira de Supermercados para tratar do Programa Pecuária Sustentável e o presidente da Associação Brasileira das Indústrias Exportadoras de Carne – ABIEC para abordar a abertura do mercado externo para a pecuária do PA.

Lavoura Pecuária e Floresta II“Incentivos do setor público em harmonia com a agenda da Boa Carne” é o título do segundo painel do dia com o Secretário Extraordinário de Estado para Coordenação do Programa Municípios Verdes, Justiniano Netto, que falará sobre como simplificar e criar incentivos para a adequação ambiental rural no Pará. O diretor de Agronegócios do Banco do Brasil, Clenio Serio Teribele tratará da aplicação do programa ABC pelo BB, seguido do Secretário de Agricultura do Estado, Hildegardo Nunes, que mostrará como está sendo a aplicação do programa ABC no Pará. Na sequência, o presidente do Banco da Amazônia, Valmir Pedro Rossi abordará a aplicação dos programas para reforma de pastos degradados.

O terceiro painel tratará do exemplo de Paragominas na busca por produtividade, qualidade e desmatamento zero na prática. Serão apresentados os resultados práticos dos trabalhos realizado pela Esalq-USP, Sindicato dos Produtores Rurais de Paragominas e pelo instituto de pesquisa Imazon.

Esse painel terá uma palestra do Presidente do Sindicato dos Produtores Rurais de Paragominas, Mauro Lucio de Castro Costa sobre a importância econômica do ganho em produtividade. Participarão do painel os professores Moacyr Corsi, da Esalq-USP e Mateus Paranhos das Costa, da Unesp Jaboticabal, que fazem parte do Projeto Pecuária Verde, que vem sendo considerado um novo modelo de produção pecuária para a Amazônia. Corsi desenvolve trabalhos na área de pastagens e Paranhos em manejo e bem-estar animal.

Por fim, o último painel será a respeito dos incentivos do setor privado em harmonia com a agenda da Boa Carne, em uma mesa redonda com representantes da indústria e do varejo, como Carrefour, Walmart, Marfrig, Minerva e JBS, moderados pelo presidente do Grupo de Trabalho de Pecuária Sustentável, Eduardo Bastos.

“Certamente essa etapa de Paragominas fechará com chave de ouro a edição de 2013 do Circuito Feicorte NFT, que vem cumprindo com a sua missão que é levar conhecimentos para onde o produtor está por meio das palestras e debates, e tecnologias levadas pelas empresas que participam da feira de negócios. Com isso, ele terá ferramentas para buscar eficiência em seu negócio com sustentabilidade”, acredita Carla Tuccilio, gerente do Agrocentro, uma das realizadoras do Circuito Feicorte NFT.

Sobre o Circuito Feicorte NFT

O Circuito Feicorte NFT é uma iniciativa do Agrocentro (que promove a Feicorte – Feira Internacional da Cadeia Produtiva da Carne – em São Paulo há 19 anos) e a Nutrition for Tomorrow Alliance (aliança de marketing cooperativado formada por empresas da cadeia de proteína animal).

As quatro primeiras etapas realizadas em 2013 – Cuiabá (MT) em março, Palmas (TO) em maio, Campo Grande (MS) em julho e Ji-Paraná (RO) em outubro – reuniram mais de 5 mil participantes. A etapa de Paragominas (PA) em novembro fecha a edição de 2013 do evento.

Na primeira edição do Circuito Feicorte NFT em 2012 foram promovidas quatro etapas regionais (MT, BA, GO e MS), com a participação de 4 mil pessoas, representando mais de 17 milhões de cabeças de gado.

Programação: Saiba mais sobre a FEICORTE

Mais informações: www.agrocentro.com.br/circuitofeicorte
Facebook: http://www.facebook.com/agrocentro.feiras

Fonte: Feicorte

Foi útil a notícia? Seja o primeiro a comentar.
O URL curto do presente artigo é: http://ruralbook.com.br/rbCTyAK
Sobre o autor
Rodrigo Fraoli - CEO Ruralbook / Designer / Especialista em MKT Digital para o Agronegócio. * Saiba mais em #mktparaoagro - RURALBOOK *

Posts relacionados

Seja o primeiro a comentar