Conferência de Desenvolvimento Sustentável vai debater políticas rurais

Começa na próxima terça (10) e vai até quinta-feira (12), no hotel Beira Rio, em Belém, a II Conferência Estadual de Desenvolvimento Rural Sustentável e Solidário, que tem como objetivo discutir políticas públicas que busquem melhorar a qualidade de vida de homens e mulheres que vivem no meio rural. A abertura do evento será às 19 horas.

9245617As discussões terão a participação de representantes do poder público, da iniciativa privada e da sociedade civil dos 144 municípios do Estado. São agricultores familiares, assentados da reforma agrária, camponeses, extrativistas, pescadores artesanais, povos indígenas, quilombolas, povos e comunidades tradicionais, mulheres, jovens e os mais diversos segmentos da sociedade amazônica que poderão dar voz às suas opiniões e decidir o que fazer para oferecer ao Pará um novo modelo de desenvolvimento social sustentável.

O objetivo dessa conferência não se resume em trazer para o debate propostas e demandas de uma única via e uma só mão. Ao contrário, o evento é múltiplo de pensamento, ideias e vozes, procurando convergir sempre para a construção de um Estado justo e solidário”, ressalta o titular da Secretaria de Estado de Agricultura (Sagri), Hildegardo Nunes, presidente do Conselho Estadual de Desenvolvimento Rural Sustentável (CEDRS-PA), fórum que coordena o evento, juntamente com a Sagri e outros parceiros, como o Conselho Nacional de Desenvolvimento Rural Sustentável (Condraf), Secretaria Especial de Desenvolvimento Econômico e Incentivo à Produção (Sedip), Empresa de Assistência Técnica e Extensão Rural do Pará (Emater) e Delegacia Federal do Desenvolvimento Agrário (DFDA-PA).

Na conferência estadual, serão debatidas as propostas aprovadas nas conferências municipais e territoriais que ocorreram nos últimos seis meses, dentro de uma ampla programação. Painéis vão discutir o ambiente rural da Amazônia e haverá também a organização de grupos para a formulação de proposições, plenárias e grupos temáticos, além da parte cultural.

Também serão escolhidos os delegados que participarão da Conferência Nacional de Desenvolvimento Rural Sustentável e Solidário, que ocorre em outubro, em Brasília, quando será debatido o Plano Nacional de Desenvolvimento Rural Sustentável e Solidário, com a participação de representantes de todos os Estados brasileiros e do Distrito Federal.

Entre os temas em debate durante a conferência estadual, estão “Desenvolvimento socioeconômico e ambiental do Brasil Rural”; “Fortalecimento da agricultura familiar e agroecologia”; “Reforma agrária e democratização do acesso à terra e aos recursos naturais”; “Abordagem territorial como estratégia de desenvolvimento rural e promoção da qualidade de vida”; “Gestão e participação social”; “Autonomia das mulheres rurais e emancipação da juventude rural e promoção do etnodesenvolvimento”.

“Desejamos que as propostas aprovadas no fim do encontro contemplem a diversidade do povo paraense a fim de que todos possam se sentir parte desse grande cenário rural, com gente do jeito que o Pará quer”, reforça Hildegardo Nunes. Uma das novidades da conferência é a participação das mulheres e dos jovens, já que 50% dos delegados são formados por mulheres e 20% por jovens, conforme orientação do Ministério do Desenvolvimento Agrário.

Devido à interdição da avenida Bernardo Sayão para o evento, o acesso ao Hotel Beira Rio deve ser feito pela rua Augusto Corrêa. Para mais informações, basta entrar em contato com o CEDRS-PA, no telefone (91) 4006-1210.

Fonte: Agência Pará

Foi útil a notícia? Seja o primeiro a comentar.
O URL curto do presente artigo é: http://ruralbook.com.br/rbigTqN

ruralbook

Rodrigo Fraoli – CEO Ruralbook / Designer / Especialista em MKT Digital para o Agronegócio.

* Saiba mais em #mktparaoagro – RURALBOOK *

Você pode gostar...

Seja o primeiro a comentar