Congresso debaterá avanços internacionais na seleção de Angus e tendências para produção de carne – BeefPoint

O Brasil é hoje um dos berços da genética Angus mundial e suas dimensões continentais demonstram a potencialidade ímpar de adaptabilidade da raça. Ao ano, são consumidas 4 milhões de doses de sêmen e ofertados ao mercado 3 milhões de terneiros Angus, 5% da produção nacional, mas o maior resultado entre as raças taurinas. Um modelo que desafia pecuaristas de todo o mundo e deve atrair especialistas e criadores dos cinco continentes ao Brasil, nos dias 29 e 30 de junho, para participar do 3º Congresso Brasileiro de Angus.

Promovido pela Associação Brasileira de Angus, o evento já tem sua programação prévia fechada, que acaba de ser divulgada e inclui palestras técnicas com especialistas renomados e cases de produção de cabanhas internacionais. A ideia é extrapolar o roteiro e propiciar interação entre os participantes na busca de novas tendências de mercado que garantam valorização nacional e internacional da Carne Angus Certificada e, consequentemente, da genética.

Fonte: BeefPoint

Fonte: BeefPoint

Um dos painéis mais aguardados é o intitulado “Selecionando o Melhor Angus para o mundo”, onde os debatedores abordarão a importância da seleção de reprodutores e do melhoramento dos rebanhos para alcançar os objetivos definidos. Na ocasião, serão avaliados os critérios de seleção genética da raça Aberdeen Angus em diferentes países, abordando cases de cabanhas selecionadoras. O debate será moderado pela médica veterinária e presidente do Conselho Técnico da Angus, Susana Macedo Salvador, e contará com o criador norte-americano Don Schiefelbein, proprietário da Schiefelbein Angus Farms, de Minsessota (EUA), onde detém um dos maiores rebanhos de Angus do país, com mais de 700 ventres registrados. O fórum também contará com Denis Serhienko, da Peak Dot Ranch, em Wood Moutain, Saskatchewan (Canadá), onde reúne mais de 1 mil matrizes em produção e de onde saem todos os anos 350 touros. Além da representação de uma Cabanha Argentina de Angus, o painel ainda contará com Ulisses Amaral, proprietário da Cabanha Santa Joana e renomado criador brasileiro, e do gerente do Programa Carne Angus, médico veterinário Fábio Schuler Medeiros, que abrirá o congresso com uma palestra mostrando a evolução dos 110 anos de seleção da genética Angus no Brasil e os progressos feitos pela entidade nas áreas da Carne Angus Certificada e do Melhoramento Genético.

O debate será aprofundado com o painel “Tecnologia e Melhoramento Genético na Raça Aberdeen Angus”, no qual serão abordadas as modernas e tradicionais tecnologias para busca dos objetivos de seleção e melhoramento genético. Terá como moderador o professor da Ufrgs Jaime Urdapileta Tarouco, zootecnista e especialista em Ultrassonografia de Carcaças. Como painelistas, participam o argentino Horácio Guitou, pesquisador do Instituto Nacional de Investigación Agropecuária (INIA) da Argentina e consultor do Programa de Melhoramento Genético (ERA) da Associação Argentina de Angus; Fernanda Nogueira Kuhl, coordenadora do Promebo; e o norte-americano Dan Moser, presidente da Angus Genétics Incorporation (AGI), empresa da Associação Americana de Angus responsável pela condução do Programa de Melhoramento Genético. Também integrarão o debate o professor da Universidade de São Paulo (USP) Saulo Luz e a professora da Unesp Lúcia Galvão Albuquerque.

Consciente da relevância da alimentação animal no desempenho da criação, o painel “Integrando Genética e Nutrição” discutirá a importância do tema para a expressão do potencial genético da raça Aberdeen Angus na produção de carne de alta qualidade. Moderado pelo professor da Ufrgs José Fernando Piva Lobato, o encontro integrará o especialista norte-americano Min Du, pesquisador da Washington State University (USA) que desenvolveu pesquisas na área da nutrição pré natal; o produtor uruguaio Enrique Albanell, responsável pela exploração das estâncias El Yunque e Macachines, além de representantes de grandes confinadores, como o JBS Five Rivers.

Por fim, o painel “Cruzamento Industrial – Genética Angus para todo o Brasil” explorará as potencialidades do Cruzamento Angus, uma ferramenta de incremento na produtividade e qualidade da pecuária nacional. O moderador será o selecionador e empresário Valdomiro Poliseli Jr, que conduzirá as apresentações do geneticista australiano Don Nicol; do criador da Agropecuária Maragogipe, Wilson Brochmann (BRA), e do proprietário da Lageado Consultoria Veterinária, Edmundo Vilela.

Painéis debatem potencialidades da Carne

A programação do 3º Congresso Brasileiro de Angus ainda inclui dois grandes fóruns exclusivos para debater os avanços da Carne Angus Certificada ao redor do mundo. Com o título “Carne de Qualidade – Um Caminho para genética Nacional”, o painel foi desenhado para contar um pouco da história da produção de carne nacional e traçar o futuro do setor. A moderadora Márcia Dutra de Barcellos, professora da Universidade Federal do Rio Grande do Sul e pesquisadora dos hábitos de consumo de carne de qualidade, conduzirá os trabalhos que contarão com o staff da Associação Brasileira das Indústrias Exportadoras de Carnes (Abiec): Antonio Jorge Camardelli (presidente) e Fernando Sampaio (diretor executivo). Também espera-se um integrante do Instituto Nacional de Carnes do Uruguai.

Os avanços da “Carne Angus Certificada pelo Mundo” darão o tom de mais um grande painel que apresentará a experiência dos principais programas de Carne Angus Certificada das Américas: Estados Unidos, Brasil, Argentina e Uruguai, explorando seus diferentes modelos de trabalho, desafios e potencialidades. O fórum será moderado pelo gerente do Programa Carne Angus Certificada, Fábio Medeiros, e contará com o criador e diretor do Programa Carne Angus, Reynaldo Titoff Salvador; com o vice-presidente do Certified Angus Beef, Mark McCully; com o diretor executivo do programa Carne Angus Certificada da Argentina, Javier Marotta, e com o diretor do Programa de Carne Angus do Uruguai, Maurício Rodriguez.

Fonte: BeefPoint

Foi útil a notícia? Seja o primeiro a comentar.
O URL curto do presente artigo é: http://ruralbook.com.br/m8ICQ

Você pode gostar...

Seja o primeiro a comentar