Emater impulsiona o fortalecimento da cultura do cacau em Capitão Poço – Agência Pará

FOTO: ASCOM EMATER DATA: 03.10.2016 CAPITÃO POÇO - PARÁ

FOTO: ASCOM EMATER
DATA: 03.10.2016
CAPITÃO POÇO – PARÁ

A Empresa de Assistência Técnica e Extensão Rural do Estado do Pará (Emater-Pará) em Capitão Poço, no nordeste do estado, está apoiando o processo de diversificação da produção agrícola junto aos agricultores familiares do município, com a implantação da cultura do cacau consorciada ao açaí.

O engenheiro agrônomo da Emater e responsável pelo Projeto do Cacau no município, Antônio Augusto Santos, disse que para chegar à fase de implantação do consórcio a Emater já fez diagnóstico de área, identificou a característica de solo, distribuiu mudas melhoradas geneticamente a partir de sementes originais doadas pela Comissão Executiva do Plano da Lavoura Cacaueira (Ceplac) e realizou inúmeras visitas técnicas.

Além disso, a Emater organizou várias excursões técnicas para que os produtores se familiarizassem ao modelo inspirado na experiência realizada pela empresa em Tomé-Açu. Dois produtores são pioneiros nesse processo: Milton Nunes Guimarães, do Sítio Boa Esperança, na Comunidade Santa Luzia; e José Carlos Bandeira de Castro, do Sítio São José, na mesma comunidade.

FOTO: ASCOM EMATER DATA: 03.10.2016 CAPITÃO POÇO - PARÁ

FOTO: ASCOM EMATER
DATA: 03.10.2016
CAPITÃO POÇO – PARÁ

Milton Guimarães vem apresentado bons resultados. Ele já consegue produzir 300 latas de açaí a R$ 30,00, gerando R$ 9 mil de lucro. Também está produzindo 200 quilos de semente de cacau a R$ 8,00, o que rende R$ 1.600. Ou seja, o produtor tem uma geração de receita bruta anual prevista em mais de R$ 10 mil na área do consórcio. “A expectativa para 2017 é que haja mais 40 hectares de área plantada de cacau no município, que irão ajudar a melhorar a qualidade de vida das famílias de cada produtor envolvido”.

O trabalho de implantação da cultura do cacau prossegue em parceria com a Ceplac; tanto que na primeira semana de setembro foram entregues, pelo engenheiro agrônomo José Silveira, do escritório da Ceplac em Castanhal, 16 mil sementes de cacau. O escritório local da Emater promoveu o repasse das sementes para 19 produtores rurais e uma Associação de Produtores do município.

Por Edna Moura

Fonte: Agência Pará

Banner rodapé fornecedor

Foi útil a notícia? Seja o primeiro a comentar.
O URL curto do presente artigo é: http://ruralbook.com.br/jM6QE

Você pode gostar...