Emplacamento rural de Dilma provoca indignação

“É um absurdo pagar tanto para manter uma máquina praticamente durante toda a vida útil dentro de uma propriedade privada. Não basta o aumento de impostos sobre os combustíveis, IOF, energia elétrica e tantos outros e agora mais esse veto do governo para taxar ainda mais o setor rural e os consumidores brasileiros.”

emplacamentoA reclamação veio do deputado federal Luis Carlos Heinze (PP/RS), autor de uma emenda vetada pela presidente Dilma Rousseff que previa o fim da exigência do emplacamento de tratores e máquinas agrícolas. O executivo publicou essa semana no Diário Oficial da União (DOU) a lei 13.097 – que é uma conversão da medida provisória (MP) 656 – sem a isenção de emplacamento para o meio rural.

A medida vem em consonância com os últimos anúncios do novo governo Dilma, que promoveu um aumento generalizado de impostos com o objetivo de aumentar a arrecadação. “Vamos trabalhar para derrubar o veto”, promete o parlamentar.

“Nós mais uma vez ficamos decepcionados. Depois de todo o trabalho que tivemos, negociamos na Câmara e no Senado e com o próprio governo. Ja havíamos conversado com o ministro da Agricultura da época, Neri Geller, com o Ministério da Integração, Dentran, Polícia Rodoviária… E tínhamos quase certeza de que essa matéria não seria vetada, para tranquilidade dos produtores rurais brasileiros”, lamenta Heinze.

Fonte: Agrolink – Autor: Leonardo Gottems

Foi útil a notícia? Seja o primeiro a comentar.
O URL curto do presente artigo é: http://ruralbook.com.br/rb1YEaa

ruralbook

Rodrigo Fraoli - CEO Ruralbook / Designer / Especialista em MKT Digital para o Agronegócio. * Saiba mais em #mktparaoagro - RURALBOOK *

Você pode gostar...

Seja o primeiro a comentar