Exportações de carne bovina crescem 107% em junho

“A receita com as exportações cresceu 17% em relação ao primeiro semestre de 2018″

As exportações de carne bovina registraram um aumento de 107% em junho, e 27% no semestre, segundo informou a Associação Brasileira de Frigoríficos (Abrafrigo) na quinta-feira (04:06). De acordo com a CarneTec, de janeiro a junho, foram exportadas 828,7 mil toneladas do produto, gerando faturamento de US$ 3,1 bilhões para os exportadores brasileiros.

“A receita com as exportações cresceu 17% em relação ao primeiro semestre de 2018. Somente em junho, houve alta de 107% no volume exportado de carne bovina, para 134,4 mil toneladas. O faturamento com esses embarques somou US$ 514,6 milhões, alta de 93% ano a ano”, informou em seu portal.

Além disso, o portal indicou também que a China continua como principal importadora de carne bovina brasileira, considerando as compras por meio de Hong Kong e do continente, tendo importado 38,4% do volume total vendido pelo Brasil no semestre. “As importações do país subiram 7,2% no período, para 317,8 mil toneladas. Também houve aumento das compras por parte do Egito (+12%), Emirados Árabes (+443%), Irã (+ 41,4%), Rússia (+865%), Turquia (+870%), Filipinas (+120%), Uruguai (+62%), entre outros”, completa.

As informações são da Associação Brasileira de Frigoríficos (ABRAFRIGO), que compilou os dados finais de movimentação até junho divulgados pelo Ministério da Indústria, Comércio Exterior e Serviços Exterior (MDIC), por meio da Secretaria de Comercio Exterior, do Departamento do Operações de Comércio Exterior (Secex/Decex).

No primeiro semestre do ano passado, a movimentação chinesa representou 45,3% das exportações e no mesmo período de 2019 ela alcançou 38,4%, mesmo crescendo de 296.483 toneladas para 317.828 toneladas.

Fonte: Agrolink

Foi útil a notícia? Seja o primeiro a comentar.
Like
Like Love Haha Wow Sad Angry
O URL curto deste artigo é: https://wp.me/p49eYW-5Dt

Você pode gostar...

×