WhatsApp - 94.99148.2775

Homeopatia Veterinária #4: Adeptos e expansão

Banner coluna Titulo homeopatia 600x100

2ª parte – Prof. Dr. Claudio Martins Real – Med. Vet. Homeopata

A criação da Homeopatia, por Samuel Hahnemann, no fim do século XVIII e início do XIX, representou, além de uma nova terapêutica, nova concepção sobre a origem das doenças. Os novos métodos e concepções, como vendaval renovador, abalaram o mundo cientifico da época, principalmente a classe médica ciosa de seu saber.

Rapidamente a Homeopatia ganhou adeptos, chegou a Paris, centro cultural da Europa, de onde se expandiu para todos os continentes.
Naquele tempo, inúmeras epidemias dizimavam o rebanho bovino, entre elas: a Peste Bovina e o Carbúnculo Hemático, e o Mormo entre os eqüinos. A França tivera seu rebanho reduzido à metade e foi este fator, entres outros, que levou o governo francês (rei Luiz XV), a formalizar a profissão, criando as primeiras escolas veterinárias do mundo: Lyon,1762 e Alfort,1766.

Diante da pressão que se encontravam os veterinários para solucionar os problemas existentes, é natural que a nova terapêutica, a Homeopatia, grangeasse adeptos.É importante destacar nesta época o veterinário alemão Willem Lux, (1777-1849) professor na escola veterinária de Leipzig contemporâneo de Hahnemann, um dos primeiros veterinários a usar a Homeopatia.

Lux adquiriu fama ao solucionar uma epidemia de Carbúnculo Hemático. Como não dispunha de medicamentos homeopáticos que cobrisse o “retrato” clínico da doença (ver 1a parte), Lux teve a idéia de tratar a epidemia com sangue dinamizado de um bovino carbunculoso e os resultados foram surpreendentes. Posteriormente, solucionou uma epidemia de Mormo na Hungria dinamizando o corrimento nasal de um cavalo com a doença.

Com estas inovações Lux estabeleceu as bases da Isopatia, procedimento terapêutico que usa os métodos homeopáticos no preparo de medicamentos que são extraídos do próprio doente.

A Homeopatia, terapêutica humana, individual, baseada na experimentação do homem sadio e que dá importância primordial aos sintomas psíquicos,apresenta grandes dificuldades em sua aplicação aos animais ,pacientes incapazes de expressar seus sintomas e com poucas manifestações psíquicas. As patogenias, ”retratos”, dos medicamentos estabelecidos para os humanos são projetados, segundo a Lei dos Semelhantes (lei da Homeopatia), para os animais.

homeopatia-veterinariaAo mesmo tempo estabeleceram-se “retratos”de medicamentos de medicamentos com base na experimentação e nos quadros tóxicos em animais.

Como terapêutica individual, a Homeopatia vem sendo utilizadas em clínicas veterinárias onde, não raro, animais portadores de doenças consideradas incuráveis como a displasia coxofemural, tumores, etc. obtém curas memoráveis. No Brasil e em todos os países do mundo, o tratamento individual com a Homeopatia já ultrapassou a clínica de pequenos animais e é usado com êxito em haras, granjas leiteiras e pocilgas. Para exemplificar: na Inglaterra o médico oficial da família real é homeopata,assim como os cavalos e os animais da granja real são atendidos por veterinário também homeopata. O próprio príncipe Charles é um apologista da Homeopatia por sua eficácia e caráter ecológico.

BORDET em Alfort, França; HAENELTH em Hannover, Alemanha; GENGOUX em Liége Bélgica, são de professores que em suas faculdades de veterinária propagaram a Homeopatia. HAENELTH se destacou no tratamento de problemas ginecológicos e de fertilidade da vaca; BORDET no tratamento de pequenos animais e GENGOUX na comprovação experimental da Homeopatia em veterinária, sendo de se destacar o trabalho realizado por JENNER, da prevenção do tumor transmissível de Landschtz no rato, com o emprego dos ácidos ribonucléico, ARN, e desoxiribonucleico , ADN, preparados homeopaticamente.

O interesse dos médicos veterinários brasileiros pela Homeopatia é crescente e pode ser expresso na fundação da Associação dos Médicos Veterinários Homeopatas do Brasil, AMVHB, em agosto de 1993 em São Paulo, com mais de uma centena de veterinários cadastrados e pela existência no País de diversos cursos de especialização em Homeopatia.

A AMVHB é atualmente (2006) uma sociedade de classe consolidade. Já realizou o 1º Congresso Brasileiro de Homeopatia Veterinária em 2003 em São Paulo e o 2º Congresso em 2005 também realizado em São Paulo, com a participação em cada evento de mais de 150 veterinários. O 3o Congresso será realizado em 2007 em Porto alegre, RS demonstrando a pujança e o crescimento da Homeopatia Veterinária no Brasil.

Fonte: Real H

Foi útil a notícia? Seja o primeiro a comentar.
O URL curto do presente artigo é: http://ruralbook.com.br/rbUFufF
Sobre o autor
Rodrigo Fraoli - CEO Ruralbook / Designer / Especialista em MKT Digital para o Agronegócio. * Saiba mais em #mktparaoagro - RURALBOOK *

Posts relacionados

Seja o primeiro a comentar