Mercado de trabalho brasileiro segue mostrando recuperação em julho, diz FGV

O mercado de trabalho brasileiro mostrou continuidade em sua recuperação em julho ao registrar sua terceira alta mensal consecutiva, de acordo com o Indicador Antecedente de Emprego (IAEmp) da Fundação Getulio Vargas (FGV) divulgado nesta quinta-feira.

O IAEmp, que antecipa os rumos do mercado de trabalho no Brasil, teve alta de 9,2 pontos em julho, para 65,9 pontos, recuperando nos últimos três meses cerca de metade das perdas do trimestre de fevereiro a abril.

“A terceira alta consecutiva do IAEmp sugere continuidade no movimento de recuperação do mercado de trabalho”, disse em nota o economista da FGV Ibre Rodolpho Tobler.

“Contudo, apesar das altas significativas, o indicador se mantém em níveis muito baixos em termos históricos, sugerindo cautela das empresas para contratar em função da elevada incerteza e da dificuldade em se vislumbrar uma retomada rápida da economia”, acrescentou.

O Indicador Coincidente de Desemprego (ICD), que capta a percepção das famílias sobre o mercado de trabalho, teve variação negativa de 0,2 ponto, para 97,2 pontos. O comportamento do ICD é semelhante ao da taxa de desemprego, ou seja, quanto menor o número, melhor o resultado.

Segundo Rodolpho Tobler, o ICD está acomodado em um patamar elevado, mas, “depois de registrar piora no início da pandemia, o indicador vem recuperando parte do que foi perdido sugerindo ligeira melhora na taxa de desemprego.”

Fonte: Reuters

Foi útil a notícia? Seja o primeiro a comentar.
Like
Like Love Haha Wow Sad Angry
O URL curto deste artigo é: https://wp.me/p49eYW-6gq

Você pode gostar...