O que aprender com as fazendas mais rentáveis?

Categoria Geral – 9 de junho de 2020

A pecuária moderna está passando por grandes transformações. Alguns estudos apontam que até 2030, praticamente 40% dos produtores de gado de corte no Brasil sairão da atividade por falta de viabilidade econômica em suas fazendas.

Nesse cenário, o que aprender com aquelas empresas rurais que apesar de toda adversidade, têm conseguido se destacar?

De maneira geral as fazendas mais rentáveis têm 3 grandes prioridades: as pessoas, os processos produtivos e a saúde financeira.

Pessoas comprometidas com o negócio: As pessoas são motivadas quando se sentem parte da construção de algo relevante para o projeto. Dessa forma, as empresas rurais mais bem sucedidas envolvem os colaboradores na construção do plano safra, compartilham as dificuldades, pedem sugestões de melhoria na execução dos processos, e mais do que isso, comemoram juntos as conquistas. Assim conseguem um nível de comprometimento da equipe que faz total diferença no resultado produtivo e consequentemente econômico do negócio.
Ações muito bem planejadas e executadas à risca: As empresas rurais bem sucedidas são uma fábrica de números. Não entendeu? Eu explico. Nas fazendas bem sucedidas, tudo é medido, tudo é anotado e mais do que isso, tudo é analisado. Assim todas as tomadas de decisões seguem o planejamento e são baseadas em fatos. Quando não agimos assim, tendemos a acreditar naquilo que agrada os sentimentos, faltando assim bom senso e sobrando ego na hora de tomar decisões.


O caixa está para a empresa assim como o oxigênio para os seres vivos. Como princípio básico, devemos nos lembrar que a vida de uma empresa depende diretamente do caixa. As empresas rurais mais rentáveis, não só conhecem, como monitoram e protegem o fluxo de caixa a todo custo. O monitoramento do fluxo de caixa permite que tenham mais tempo para manobrar o “avião” com margem de segurança antes da chegada da tempestade. Assim estão menos vulneráveis a impactos como, aumento de preços de insumos e diminuição dos preços de venda.
Vivemos a era da informação em excesso e em meio a tanta informação, temos as informações verdadeiras, as irrelevantes, as fake news e aquelas que apesar de recentes, já estão velhas. O segredo é sabermos filtrar e transformar informações de diferentes setores em conhecimento, conectando-as de forma relevante para a tomada de decisões cada vez mais rápidas e assertivas.

Fonte/crédito: Precisão Agro

Foi útil a notícia? Seja o primeiro a comentar.
Like
Like Love Haha Wow Sad Angry
O URL curto deste artigo é: https://wp.me/p49eYW-65H

Você pode gostar...