PA: Indicados prêmio Agropará 2015

O DIÁRIO irá promover, na próxima quinta-feira (17), no auditório Albano Franco, em Belém, a entrega da premiação AgroPará 2015. A iniciativa é um reconhecimento da sociedade à alta performance do agronegócio no Estado. No total, serão 15 categorias, 7 delas de proteína animal e outras 7 de origem vegetal, além de premiar um destaque de exportação. O Estado se consolida como a nova fronteira agrícola brasileira e já tem seus destaques no setor, daí a importância do evento.

AgroPará 2015Com área, clima e logística invejáveis, o Pará tem na exportação de bois em pé, por exemplo, 96% da capacidade do País, e capacidade para aumentar a exportação. Nos 9 primeiros meses deste ano, os embarques brasileiros de carne bovina geraram receita de R$ 10,6 bilhões, incremento de 9,24% em relação a 2014. “Somos o mais promissor Estado, com potencial de produção com sustentabilidade e especial logística”, destacou o zootecnista Guilherme Minssen, consultor do AgroPará. Minssen explica que a premiação foi idealizada para dar visibilidade a este setor da economia, por meio de seus principais expoentes.

CRITÉRIOS

Segundo o consultor, o ranking foi elaborado seguindo os critérios: tecnologia, sustentabilidade, empreendedorismo, manejo racional, produção, importância do produto para a economia paraense, boas práticas, visão de mercado, importância para o mercado de trabalho, liderança local e qualidade do produto. O ranking da produção animal considerou as seguintes categorias: Bovinos, Bubalinos, Equinocultura, Ovinocultura e Suinocultura; Avicultura, Piscicultura e Apicultura. Já o ranking da Produção Vegetal englobou as categorias: Soja e Milho; Palma, Citros, Açaí, Cacau, Madeira, Mandioca e Feijão Caupi. “O prêmio AgroPará foi criado pelo DIÁRIO como uma forma de reconhecer e incentivar o importante trabalho dos empresários e profissionais do setor”, declara Camilo Centeno, diretor geral do Grupo RBA.

FINALISTAS DO RANKING

PRÊMIO AGROPARÁ

————— PRODUÇÃO ANIMAL —————

Bubalinos:
– Nilson Gusmão
– Afonso Bonaterre
– Armando Dacier Lobato

Equinos, Asininos e Muares:
– Severino Ramos de Moura e Maria Ilza Leal de Moura
-Roque Quagliato
– Frederico Rocha Bezerra

Ovinocultura e Suinocultura:
– Pagrisa
– Frango Americano
– Milton Schnorr (Santarém)

Avicultura:
– Yasuhida Watanabe
– Solon (Benevides)
– Macarú (Benevides)

Exportação da Pecuária:
– Mercúrio Exportadora Ltda
– Minerva S.A
– Agroexport Trading e Agronegócios

Piscicultura:
– Gilberto Santos Vaz (Tucuruí)
– Ronaldo de Oliveira de Lima (São Domingos do Capim)
– José Nicomedes (Marabá)

Apicultura:
– Gerson de Morais
– Marcio Sales
– Orlando Marron

————– PRODUÇÃO VEGETAL ————–

Soja e Milho:
– Flávio Carminati
– Valmor Anversa
– Toni Filter

Palma:
– Mejer Agroflorestal Ltda
– Agropalma
– Biopalma da Amazônia S/A

Citros:
– Junior Zamperlini, da Citropar
– Fazenda Ornela
– Fazenda Lima (Capitão Poço)

Açaí:
– Nazareno do Point
– Agro Indústria Santo Expedito (Santa Isabel)
– Cooperativa Mista de Tomé Açu (CAMTA)

Cacau:
– Ivan Dantas Ferreira (Medicilândia)
– João Nicolau Loff (Tucumã)
– Gedaídes Benício de Carvalho (Medicilândia)

Madeira:
– Florapar
– Pampa Exportadora Ltda
– Juruá Florestal Ltda

Mandioca e Feijão Caupi:
– Benedito Dutra Luz Souza
– Nelson Calderaro
– José Miguel

Fonte: Diário do Pará

Foi útil a notícia? Seja o primeiro a comentar.
O URL curto do presente artigo é: http://ruralbook.com.br/rbvia5I

ruralbook

Rodrigo Fraoli – CEO Ruralbook / Designer / Especialista em MKT Digital para o Agronegócio.

* Saiba mais em #mktparaoagro – RURALBOOK *

Você pode gostar...

Seja o primeiro a comentar