Preço do açaí continua em queda, aponta Dieese

O preço do litro de açaí comercializado na grande Belém continua em queda. É o que aponta a última pesquisa divulgada pelo Dieese no Pará (Departamento Intersindical de Estatísticas e Estudos Socioeconômicos). A queda chegou a quase 14% em maio. O levantamento foi realizado em 25 pontos diferentes, entre feiras livres, supermercados e outros pontos de venda.

104841_acai-dentro

Portal ORM

Segundo o Dieese, a trajetória no preço do litro de açaí vendido em Belém, nos últimos 12 meses, apresentou situações diferenciadas. Em maio do ano passado, o tipo médio, que é o mais consumido, custava R$ 12,88. Em dezembro do mesmo ano, estava por R$ 11,08.

O produto iniciou o ano de 2013 sendo vendido a R$ 12,42. Em fevereiro, saiu por R$ 13,74. Já em março, custou R$ 19,96. Em abril, R$ 18,67 e no mês passado, pela segunda vez este ano, apresentou recuo de preço, sendo vendido a R$ 16,09. Os valores avaliados são preços médios.

Com isso, o litro do tipo médio apresentou queda de preço em maio de 13,82% em relação ao mês de abril. Entretanto, no comparativo de preços dos cinco primeiros meses deste ano, o produto ainda apresenta alta de 45,22%, contra uma inflação que girou em torno de 3%. Nos últimos 12 meses, o reajuste acumulado do tipo médio foi de 24,92%. A inflação oficial para este mesmo período alcançou 7,16% (INPC/IBGE).

Os preços são muitos diferenciados em função dos vários locais de vendas, com isso, existem diferenças entre as feiras e pontos de vendas espalhados pela cidade, bem como também entre os supermercados que comercializam o produto. Na última semana do mês de maio, o litro do tipo médio foi encontrado com os seguintes preços: menor preço de R$ 8,00 e o maior, R$ 16,00, nas feiras livres. Nos supermercados, o menor preço foi de R$ 15,00 e o maior, R$ 18,99.

Ainda de acordo com as pesquisas, o tipo grosso também apresentou recuo de preços. Em maio do ano passado custava cerca de R$ 17,64. Fechou 2012 sendo comercializado a R$ 15,18. Iniciou 2013 a R$ 16,74. Já em fevereiro deste ano, saiu por R$ 18,32. No mês de março deste ano foi vendido a R$ 22,69.

No mês de abril saiu por R$ 22,78 e no mês passado a R$ 20,61. Com isso, apresentou recuo de preço de 9,53%. Entretanto, nos cinco primeiros meses deste ano, a alta dele chega a 35,77% e nos últimos 12 meses, o reajuste acumulado alcança 16,84%.

O litro do tipo grosso foi encontrado na última semana do mês de maio com os seguintes preços: nas feiras livres, o menor preço encontrado foi de R$ 10 e o maior, R$ 18. Nos supermercados, o menor preço encontrado foi de R$ 20 e o maior, de R$ 23,97.

O tipo papa (só comercializado em feiras livres da RMB) também ficou mais barato em 7,45% no mês de maio em relação a abril, sendo comercializado em média a R$ 22,85 por litro. No entanto, em 2013 (janeiro a maio), este tipo de açaí apresenta um reajuste acumulado de 29,83% e nos últimos 12 meses a alta alcança 12,67%. O açaí do tipo papa foi encontrado, na última semana do mês de maio, com preços variando entre R$ 15 e R$ 25 nas principais feiras livres da grande Belém.

Para este mês de junho, a tendência é de novas quedas no preço do produto. As pesquisas efetuadas pelo Dieese nestas três primeiras semanas do mês mostram esta situação.

Fonte: Portal ORM

Foi útil a notícia? Seja o primeiro a comentar.
O URL curto do presente artigo é: http://ruralbook.com.br/rbuBLds

ruralbook

Rodrigo Fraoli – CEO Ruralbook / Designer / Especialista em MKT Digital para o Agronegócio.

* Saiba mais em #mktparaoagro – RURALBOOK *

Você pode gostar...

Seja o primeiro a comentar