Produção de Biodisel bate recorde histórico

A produção de biodiesel registrada em julho estabeleceu um novo recorde mensal: 257,2 milhões de litros. O volume é 8,8% superior ao registrado em junho e 1,4% maior do que o recorde anterior, de 253,6 milhões de litros, registrado em abril. A fabricação de biodiesel em julho superou em 11,7% a produção verificada no mesmo mês do ano passado. No acumulado do ano (janeiro a julho), a produção de biodiesel chegou a 1,66 bilhão de litros, alta de 12,7% em relação ao mesmo período de 2012.

Biodiesel Bomba Nov 06 042O Centro-Oeste respondeu pela maior parcela do biodiesel fabricado (42%), seguido pelas regiões Sul (36%) e Nordeste (11%). Já em termos estaduais, o Rio Grande do Sul foi o principal produtor de biodiesel, com 30% de toda a oferta do biocombustível, seguido de Goiás, com 20%, e de Mato Grosso, com 16%. Do total de biodiesel produzido no ano, 75% utilizou como
matéria-prima o óleo de soja, 19% o sebo bovino e 2% o óleo de algodão. As demais matérias-primas responderam por 4% do biodiesel produzido, com destaque para o óleo de fritura usado, que já representa 1,2% de toda produção nacional.

As vendas de diesel B pelas distribuidoras de combustíveis cresceram 6,1% nos primeiros sete meses de 2013 em relação ao mesmo período do ano passado. Entre janeiro e julho, foram comercializados, ao todo, 33,08 bilhões de litros de diesel em todo o território nacional.

Os preços do diesel mineral importado atingiram, em agosto, o patamar de R$ 1,81/litro, maior valor desde a introdução da mistura compulsória do>biodiesel ao diesel, em 2008. Nesse valor não são considerados os custos de internalização do produto, estimados pelo Ministério de Minas e Energia em R$ 0,0533/litro. Já o valor do diesel mineral comercializado em setembro mostrou-se estável em relação a julho. Os preços pagos pelo diesel A (sem a adição do biodiesel) pelas distribuidoras de combustíveis às refinarias encontram-se na faixa de R$ 1,60/litro.

Por outro lado, os preços do diesel B (mistura de 95% de diesel A + 5% de biodiesel) vendido ao consumidor atingiram o patamar de R$ 2,33 em setembro, chegando a R$ 2,43/litro no caso do diesel S-10, com baixo teor de enxofre. Na comparação com o mesmo período do ano passado, isto significa uma alta de 9,2%. A diferença se dá basicamente pelos dois reajustes de preços do diesel mineral realizados no primeiro semestre de 2013.

Em contrapartida, o comportamento dos preços do biodiesel manteve-se em trajetória descendente em 2013. O produto comercializado em setembro e outubro foi negociado a preços médios de R$ 1,86/litro, o que significa uma queda de 27,3% em relação aos preços praticados no primeiro bimestre do ano. Nesta semana, acontece o 33º Leilão de Biodiesel da Agência Nacional do Petróleo, Gás Natural e Biocombustíveis, no qual serão definidos preços e quantidades do biodiesel a ser comercializado no último bimestre do ano.

Fonte: Abiove / Dinheiro Rural

Foi útil a notícia? Seja o primeiro a comentar.
O URL curto do presente artigo é: http://ruralbook.com.br/rbniX69

ruralbook

Rodrigo Fraoli – CEO Ruralbook / Designer / Especialista em MKT Digital para o Agronegócio.

* Saiba mais em #mktparaoagro – RURALBOOK *

Você pode gostar...

Seja o primeiro a comentar