Sedap e Pará Rural promovem feira da agricultura familiar e do pescado – Agência Pará

O Núcleo de Gerenciamento do Pará Rural realizou na manhã desta quarta-feira, 25, na Universidade Federal Rural da Amazônia (Ufra), a primeira Feira da Agricultura Familiar no Estado do Pará. Foram comercializados produtos como banana, macaxeira, pupunha, limão, farinha, cheiro-verde, quiabo, couve e alface, entre outros. FOTO: RODOLFO OLIVEIRA / AG. PARÁ DATA: 25.05.2016 BELÉM - PARÁ

O Núcleo de Gerenciamento do Pará Rural realizou na manhã desta quarta-feira, 25, na Universidade Federal Rural da Amazônia (Ufra), a primeira Feira da Agricultura Familiar no Estado do Pará. Foram comercializados produtos como banana, macaxeira, pupunha, limão, farinha, cheiro-verde, quiabo, couve e alface, entre outros.
FOTO: RODOLFO OLIVEIRA / AG. PARÁ
DATA: 25.05.2016
BELÉM – PARÁ

 

Com objetivo de criar novos canais de comercialização para os produtos agrícolas paraenses e de oferecê-los a preços mais baixos para o consumidor, eliminando a presença de atravessadores, a Secretaria de Estado de Desenvolvimento Agropecuário e da Pesca (Sedap) e o Programa Pará Rural uniram esforços para promover a Feira do Pescado e da Agricultura Familiar, na quinta-feira (29), no ginásio da Universidade do Estado do Pará (UEPA), em Belém.

O objetivo foi proporcionar ao produtor rural o incentivo à produção e fomentar a comercialização dos produtos oriundos da agricultura familiar, para fortalecer o setor rural. A grande dificuldade do produtor rural em ter acesso aos mercados faz com que em muitas ocasiões a produção seja entregue a um intermediário (atravessador), que acaba ficando com a maior parte do lucro. O agricultor familiar deixa ser beneficiado com a comercialização.

A feira também foi destinada a estimular o crescimento da indústria local de processamento de pescado, que agrega valor à produção local. Ao favorecer a venda direta da indústria para o consumidor final, o governo assegura ao consumidor preços mais baixos do que os de mercado, facilitando o acesso a um alimento tradicional na mesa do paraense. Na feira que ocorre na UEPA na quinta foram colocadas à venda entre cinco e seis toneladas de peixes e derivados da pesca.

Por Simone Romero

Fonte: Agência Pará

Foi útil a notícia? Seja o primeiro a comentar.
Like
Like Love Haha Wow Sad Angry
O URL curto deste artigo é: https://wp.me/p49eYW-2iX

Você pode gostar...

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado.

Validar Operação * O limite de tempo está esgotado. Por favor, recarregue o CAPTCHA.

×