Soja Brasil: inverno chega neste fim de semana e boa parte do país terá tempo seco

As temperaturas, no entanto, seguem elevadas durante as tardes e risco para queimadas aumenta, principalmente no Centro-Oeste

O sábado deve marcar o fim do outono no Brasil. Segundo a Somar Meteorologia, o inverno no Hemisfério Sul inicia às 18h44 (horário de Brasília). Mas se engana quem pensa que ele traz consigo o frio. Boa parte dos estados não terão chuvas, como é comum nesta época, mas as temperaturas seguem elevadas na parte da tarde, aumentando, inclusive o risco de queimadas. Confira abaixo a previsão do tempo completa! As informações e mapas meteorológicos são da Somar Meteorologia e do Inmet.

SUL

A previsão de que as chuvas se afastariam e dariam uma rápida trégua ao Rio Grande do Sul não se confirmou e a parte leste do estado receberá garoas nesta sexta-feira, com volumes inferiores a 2 mm. As demais regiões do estado, assim como Santa Catarina e Paraná terão tempo seco.

No sábado, as chuvas se mantém sobre a região sul do Rio Grande do Sul, novamente com baixos acumulados de no máximo 2 mm. Nada muda para o restante dos gaúchos, Catarinenses e paranaenses, ou seja, o tempo seco permanece.

No domingo a previsão se repete, garoas leves no sul do Rio Grande do Sul, e tempo seco nas demais regiões e estados.

SUDESTE

A previsão de chuvas para o nordeste de Minas Gerais se confirmou e a cidade de Almenara pode registrar acumulados de até 18 mm. Enquanto o restante do estado e São Paulo terão tempo firme nesta sexta-feira.

No sábado, o tempo firme se espalha e já não há previsão de chuvas para as áreas agrícolas do Sudeste. Segundo a Somar Meteorologia, nas primeiras horas do dia há potencial para a ocorrência de nevoeiro no Vale do Paraíba e Sul de Minas Gerais. Depois de uma manhã com temperaturas mais baixas, faz até calor no período da tarde e a umidade relativa diminui.

O tempo seco também dará o tom para o domingo em São Paulo e Minas Gerais.

CENTRO-OESTE

A sexta-feira será marcada por mais um dia com predomínio de bastante sol e tempo firme sobre todo o Centro-Oeste do Brasil. Um bloqueio atmosférico atua sobre o Oceano Pacífico, e consegue influenciar nas condições de tempo no país, impedindo que intensos sistemas frontais avancem em direção ao Brasil Central, e consequentemente dificultando a formação de nuvens de chuva sobre a região. Com o tempo seco, atenção sempre redobrada aos baixos índices de umidade relativa do ar, especialmente nas horas mais quentes do dia.

No sábado, o inverno começa e ainda sim, o calor da tarde segue predominando sobre todo o Centro-Oeste do Brasil neste sábado. Sob influência de uma massa de ar mais seco, o final de semana começa com predomínio de sol e sem previsão de chuva. Instabilidades em níveis altos da atmosfera favorecem o aumento de nebulosidade, mas sem o suporte de mais ‘ingredientes’, não são capazes de causar chuva. Diversos municípios da região já ultrapassam 20 dias consecutivos sem chuva expressiva, ou seja, acima de 10 mm.

No domingo, a nebulosidade tende a aumentar um pouco mais, especialmente entre Goiás e leste de Mato Grosso do Sul, mesmo assim, sem umidade e sistemas bem formados atuando, a condição para chuva é nula. O tempo firme predomina ao longo do dia, e com maior cobertura de nuvens no céu, os níveis de umidade relativa do ar também tendem a ser ligeiramente maiores.

NORDESTE

A sexta-feira deve ser marcada por tempo firme em todas as áreas agrícolas da Bahia, Piauí e Maranhão. Com as temperaturas elevadas, a atenção se volta aos baixos níveis de umidade relativa do ar, especialmente durante a tarde.

No sábado o oeste da Bahia segue com tempo seco, mas o norte do Piauí e Maranhão podem receber algumas garoas, com menos de 2 mm acumulados.

O domingo promete ser de tempo seco para as áreas agrícolas da Bahia, Piauí e boa parte do Maranhão, exceto no Noroeste do estado, que pode registrar algumas garoas.

NORTE

Na sexta-feira, chuva forte e generalizada ainda é esperada para Roraima e o norte do Amazonas, por conta da combinação de calor e umidade. Também chove no norte do Pará e Amapá. Segue a condição para formação de nevoeiros entre Acre, Rondônia e sul amazonense. No Tocantins, atenção com ventos moderados e baixos índices de umidade relativa do ar, o que favorece o alastramento de queimadas.

No sábado, nada muda na região Norte. O dia começa com previsão para nevoeiro entre Rondônia, Acre e Amazonas, mas que logo se dissipam, dando lugar ao sol. Já entre o norte dos estados do Amazonas e Pará, Roraima e Amapá, a chuva ocorre ainda de forma volumosa, especialmente devido à combinação entre calor e umidade. Nas demais áreas da região Norte, o tempo firme e seco predomina, e a atenção se volta aos baixos níveis de umidade relativa do ar nas horas mais quentes do dia, principalmente entre o sul do Pará e o Tocantins.

No domingo, nada muda sobre a região Norte do Brasil. O destaque fica para a chuva mais volumosa esperada entre o norte do Pará e Amapá, inclusive em ambas as capitais. Chove também entre Roraima, grande parte do Amazonas e oeste do Acre, mas de forma pouco volumosa. Já nas demais regiões e estados, o sol brilha forte, e o tempo firme predomina.

Por: canalrural

Foi útil a notícia? Seja o primeiro a comentar.
Like
Like Love Haha Wow Sad Angry
O URL curto deste artigo é: https://wp.me/p49eYW-66R

Você pode gostar...