Soja: Por que ter pressa em vender agora?

Com guerra comercial entre China e Estados Unidos, João Batista Olivi as boas oportunidades para o Brasil no comércio da oleaginosa.

Nesta segunda-feira (12), o jornalista João Batista Olivi, do Notícias Agrícolas, realiza um alerta para os produtores com um comentário sobre as questões pertinentes à comercialização de soja, que pode ter uma reviravolta com o estado das relações comerciais entre a China e os Estados Unidos.

Para Olivi, os dois países estão começando “uma guerra comercial que não vai parar”. O país asiático aprovou a permanência de Xi Jinping no poder indefinidamente. E Jinping é favorável a redirecionar as compras da oleaginosa para a América do Sul.

Donald Trump, presidente dos Estados Unidos, quer “brigar” com a moeda chinesa para que o dólar fique mais barato. Os americanos, assim, desejam inverter o jogo para redirecionar investimentos para o país, sendo o próximo passo a alta de juros.

O jornalista, assim, acredita que pode estar se iniciando uma tendência para que o Brasil volte a ter negociações com soja, ressuscitando a bolsa brasileira.

Na América do Sul, a soja argentina passa por uma situação difícil, com uma produção que não deve passar dos 40 milhões de toneladas, abrindo espaço para que os preços se elevem.

Fonte: Noticias Agrícolas 

Foi útil a notícia? Seja o primeiro a comentar.
Like
Like Love Haha Wow Sad Angry
O URL curto deste artigo é: https://wp.me/p49eYW-4OR

Você pode gostar...