Sorgo para geração de energia

Cultivar tem bom desempenho para palhada, silagem e energia.

Imagem: Arquivo

Pesquisas identificaram o elevado potencial da cultivar híbrida de sorgo biomassa BRS 716 para a geração de energia. Lançada em 2016, pela Embrapa Milho e Sorgo, a variedade tem mostrado bons resultados.

Quando plantado dentro das condições ideais, entre outubro e novembro na safra, o material pode produzir mais de 100 toneladas de matéria verde por hectare e até 30 toneladas de matéria seca por hectare. De acordo com o pesquisador, Flávio Dessaune Tardin, o desempenho é melhor na safra devido ao fotoperíodo, a quantidade de horas que a planta ficará exposta à luz . “Na safrinha a produtividade reduz para 50 toneladas de matéria verde por hectare, com 15% de matéria seca mas mesmo assim é um bom desempenho”, explica.

Na geração de energia as usinas podem realizar a queima direta em caldeira para conversão em energia térmica, utilizá-la em caldeiras de alta pressão para transformação em energia elétrica e também fazerem uso da cultivar para a produção do etanol de segunda geração, derivado da transformação da celulose em álcool.

Fonte: Agrolink

Foi útil a notícia? Seja o primeiro a comentar.
Like
Like Love Haha Wow Sad Angry
O URL curto deste artigo é: https://wp.me/p49eYW-6f5

Você pode gostar...