Tecnoleite 2013 deve movimentar R$ 20 milhões

Com o aumento do número de expositores, a comercialização de novas tecnologias com preços mais atraentes para pecuaristas e novas linhas de financiamentos, a terceira edição da Tecnoleite Complem 2013 prevê movimentar R$ 20 milhões, bem acima dos R$ 4,5 milhões da edição anterior. São aguardadas dez mil pessoas entre os dias 21 e 23 de agosto, em Morrinhos, um aumento de 25% em relação ao evento de 2012.

tecnoleiteA iniciativa vai ao encontro do movimento de retomada de expansão da atividade leiteira em Goiás, que está presente nos 246 municípios goianos. O Estado já foi vice-líder na produção de leite no País e, atualmente, caiu para a quarta posição. Por dia, são produzidos 9 milhões de litros de leite.

Mão de obra

O presidente da Complem, Joaquim Guilherme Barbosa, explica que o emprego de tecnologia, melhoria na qualidade genética e o simples balanceamento da nutrição animal podem aumentar o volume de leite produzido no Estado. “Já fomos a segunda maior bacia leiteira do País e podemos reverter essa situação facilmente”, diz.

Com a retomada da elevação do preço do produto este ano, cuja média, conforme Joaquim Guilherme, está acima de R$ 0,90, a atividade volta a dar boa rentabilidade ao pecuarista. “Temos de levar mais informações ao produtor de leite para que ele aumente a produção”, diz.

Pela primeira vez, o evento vai ocorrer em um lugar aberto, em uma área de 42 mil metros quadrados, o que deve favorecer as demonstrações técnicas de equipamentos agrícolas e implementos, cultivares e sementes, além de espaço para ordenha de animais e exposição de produtos. “Acreditamos que este novo local seja mais apropriado para o crescimento da feira”, diz.

São aguardados 50 expositores, 10 a mais que no ano passado. Essas empresas vão aproveitar a maior feira da cadeia leiteira de Goiás para apresentar produtos e tecnologia que auxiliam no aperfeiçoamento de métodos destinados ao aumento de produção e da produtividade. “Estamos conversando há oito meses com os bancos para que, durante a feira, eles apresentem novas linhas de crédito para financiar a produção”, ressalta o presidente da Complem. Marcam presença no evento, Banco do Brasil, Caixa Econômica Federal (CEF) e Sicoob.

Palestras

Durante os três dias da Tecnoleite 2013 serão ministradas, gratuitamente, dez palestras para os produtores de leite. Em sua maioria, a ideia é abastecer os pecuaristas com informações que revertam em aumento da produção leiteira na propriedade rural. “Muitas vezes, não precisa aumentar terra, é só melhorar em alguns pontos”, afirma Joaquim Guilherme.

Temas como manejo e adubação de pastagens, conforto para vacas leiteiras no pasto e recuperação de pastagens são alguns dos assuntos que serão abordados na terceira edição do Tecnoleite 2013.

Fonte: SBA – Sistema Brasileiro do Agronegócio

Foi útil a notícia? Seja o primeiro a comentar.
O URL curto do presente artigo é: http://ruralbook.com.br/rbsb2YG

ruralbook

Rodrigo Fraoli – CEO Ruralbook / Designer / Especialista em MKT Digital para o Agronegócio.

* Saiba mais em #mktparaoagro – RURALBOOK *

Você pode gostar...

Seja o primeiro a comentar