Veja como lucrar com o Nelore em pequenas áreas

Ao integrar essas estratégias e adaptá-las às condições específicas da sua propriedade, é possível potencializar a rentabilidade na criação de Nelore mesmo em áreas limitadas; veja como

Foto: Divulgação

A pecuária bovina no Brasil é um setor de destaque, sendo o país líder mundial na produção de bovinos, com um rebanho que ultrapassa 224 milhões de cabeças, conforme dados do Instituto Brasileiro de Geografia e Estatística (IBGE). No centro dessa liderança está a raça Nelore, representando mais de 80% do rebanho nacional.

A criação de gado Nelore no contexto de pequenas propriedades representa uma abordagem desafiadora, mas também repleta de oportunidades para produtores em busca de rentabilidade sustentável. Ao longo deste artigo da Compre Rural, portal referência em conteúdos informativos sobre o agro, exploraremos um pouco sobre a raça e discutiremos estratégias fundamentais para a rentabilidade na criação de Nelore, especialmente em pequenas áreas. Desde a seleção criteriosa de animais até técnicas avançadas, como a suplementação estratégica e a Terminação Intensiva a Pasto (TIP), discutiremos práticas que visam otimizar a eficiência, promover ciclos produtivos mais rápidos e melhorar a gestão geral do rebanho.

Foto: Carpa Serrana

Origens e características únicas do Nelore

A raça Nelore, originária da Índia, tem uma presença significativa na pecuária brasileira, desembarcando no país no final do século XVIII. Distinta por sua pelagem branca e pele preta, o Nelore demonstra uma resistência excepcional ao calor, tornando-se uma escolha natural para os trópicos brasileiros. Ao longo dos anos, essa raça se estabeleceu como a predominante no país, representando impressionantes 85% do rebanho total.

Além de sua adaptabilidade notável, o Nelore possui características únicas que o destacam no cenário pecuário. Sua resistência a doenças e parasitas, combinada com sua capacidade de sobrevivência em condições diversas, faz dela uma raça rústica e de fácil manejo. A carne de qualidade e aceitação no mercado também contribuem para sua proeminência, consolidando o Nelore como a escolha principal na criação de gado de corte no Brasil.

A introdução do Nelore no país baseou-se na importação de touros genearcas da Índia, como Karvadi, Golias, Taj Mahal, entre outros, que desempenharam um papel fundamental na formação dos rebanhos brasileiros. Considerado o “pai” da linhagem Nelore no país, Karvadi deixou um legado duradouro, transmitindo beleza racial e contribuindo significativamente para o melhoramento genético do rebanho bovino brasileiro. Essa história rica e os pilares genéticos estabelecidos pelos genearcas tornaram o Nelore uma raça fundamental na pecuária brasileira.

Por que criar Nelore?

A escolha de criar Nelore em sua propriedade pode ser uma estratégia vantajosa por diversos motivos, considerando as características únicas dessa raça e as condições específicas do ambiente. Aqui estão algumas razões para considerar a criação do gado:

Foto: Fazenda Vale do Boi

Adaptação ao clima tropical: O Nelore é conhecido por sua alta adaptabilidade a ambientes tropicais. Sua pelagem branca e pele preta conferem uma resistência excepcional ao calor, tornando-o uma escolha ideal para regiões com climas quentes. Se sua propriedade está localizada em áreas com temperaturas elevadas, a criação da raça pode maximizar o desempenho do rebanho em condições climáticas desafiadoras.

Eficiência na utilização de pastagens: A raça Nelore é reconhecida por sua habilidade de aproveitar eficientemente pastagens tropicais. Se a sua propriedade possui extensas áreas de pastagem, os Nelores podem se destacar, convertendo forragens em ganho de peso de forma eficaz. Sua rusticidade e resistência a parasitas contribuem para uma exploração sustentável dos recursos naturais disponíveis.

Rentabilidade e ciclos rápidos: As estratégias de criação mencionadas anteriormente, como o foco em fêmeas, a evitação de bezerros muito jovens e a implementação de técnicas avançadas, visam aumentar a rentabilidade e acelerar os giros do rebanho. A criação de Nelore pode proporcionar ciclos produtivos mais rápidos, resultando em uma maior liquidez e retorno financeiro em um período mais curto.

Carne de qualidade e aceitação no mercado: O gado produz carne de boa qualidade, com uma aceitação consolidada no mercado. A carne dessa raça é conhecida por seu sabor e suculência, atendendo aos padrões de qualidade exigidos pelos consumidores. Isso pode ser um fator decisivo ao considerar a comercialização dos animais e seus produtos derivados.

Genética consagrada: A história de importação de genearcas da Índia, como Karvadi, Golias, Taj Mahal, entre outros, contribuiu para a consolidação do Nelore como uma raça de destaque no Brasil. A genética desses animais é valorizada, transmitindo características desejáveis para o rebanho, como beleza racial e aptidão para cruzamentos.

Estratégias para rentabilidade na criação do gado

Na busca por tornar as pequenas propriedades mais rentáveis com gado Nelore, pecuaristas têm recorrido a estratégias-chave. Essas práticas foram detalhadas por especialistas, incluindo o enfoque em fêmeas e machos Nelore.

Foco em fêmeas e machos Nelore: Uma abordagem eficaz para aumentar a rentabilidade na criação de Nelore é concentrar esforços tanto em fêmeas quanto em machos. As fêmeas, devido à sua maturidade mais rápida, oferecem a possibilidade de giros mais rápidos no ano. Ao mesmo tempo, a aquisição de machos mais leves e sua direcionamento direto para a engorda pode ser uma estratégia eficiente. Essas escolhas devem ser complementadas por uma suplementação adequada e um manejo de pastagem eficiente, visando melhorar o ganho de peso e o desempenho global do rebanho.

Foto: Fazenda Santa Nice

Evitar bezerros muito jovens: Uma recomendação crucial para aumentar a rentabilidade é evitar a compra de bezerros muito jovens, especialmente aqueles com menos de 8 arrobas. Esses animais tendem a demandar mais tempo para atingir a liquidez desejada. Optar pela recria com animais de um ano, em conjunto com um manejo cuidadoso de pastagem e suplementação, pode ser mais vantajoso para pecuaristas que buscam otimizar os giros por ano e reduzir o tempo necessário para o retorno financeiro.

Estratégia de giro duplo com fêmeas: Para pecuaristas que almejam até dois giros por ano, uma estratégia proposta envolve trabalhar especificamente com fêmeas Nelore. A compra dessas fêmeas, preferencialmente entre 7 a 8 arrobas, e conduzi-las até aproximadamente 13 arrobas utilizando manejo de pastagem e suplementação adequados permite atingir um acabamento desejável. Isso não apenas contribui para a qualidade da carne, mas também acelera a liquidez, proporcionando um retorno financeiro mais rápido.

Técnicas avançadas na criação do gado: Suplementação e ração a pasto

Essas estratégias inovadoras visam otimizar o ganho de peso, melhorar a qualidade da carne produzida e acelerar o ciclo de produção.

Suplementação adequada: A suplementação alimentar é um aspecto fundamental para atingir o máximo potencial de crescimento e desempenho do rebanho Nelore. A escolha e formulação dos suplementos devem ser personalizadas para atender às necessidades específicas da criação, considerando fatores como idade, peso, condições de pastagem e metas de produção. Ingredientes ricos em nutrientes, como proteínas, minerais e vitaminas, são frequentemente incorporados para complementar a dieta dos animais. A suplementação adequada não apenas impulsiona o ganho de peso, mas também contribui para a saúde geral do rebanho.

Terminação Intensiva a Pasto (TIP): A Terminação Intensiva a Pasto (TIP) é uma técnica avançada que revoluciona a forma como os animais são finalizados antes do abate. Essa abordagem envolve fornecer ração diretamente no pasto, permitindo que os animais se alimentem de forma eficiente enquanto têm acesso a forrageiras naturais. Essa prática é particularmente vantajosa para o Nelore, conhecido por sua resistência e adaptação a pastagens tropicais. A TIP não apenas acelera o processo de engorda, mas também contribui para o desenvolvimento de uma carne mais marmorizada e saborosa.

Monitoramento e ajustes constantes: A eficácia dessas técnicas avançadas depende significativamente do monitoramento contínuo e da capacidade de fazer ajustes conforme necessário. O acompanhamento regular do estado nutricional do rebanho, o desempenho de ganho de peso e a avaliação da condição corporal dos animais são essenciais. Com base nessas observações, os pecuaristas podem ajustar a formulação dos suplementos e a estratégia de TIP para otimizar os resultados. O uso de tecnologias modernas, como sistemas de rastreamento e análises laboratoriais, facilita a tomada de decisões informadas.

Em resumo, a combinação de uma suplementação adequada, a aplicação da técnica de TIP e o monitoramento constante formam uma abordagem avançada e integrada para a criação dos animais. Essas práticas não apenas maximizam a eficiência da produção, mas também contribuem para a produção de carne de alta qualidade e aprimoram a rentabilidade global da propriedade pecuária.

Como lucrar com o Nelore em pequenas áreas

Lucrar com a criação da raça em pequenas áreas requer uma abordagem estratégica e eficiente. Aqui estão algumas estratégias que podem contribuir para o sucesso financeiro na pecuária Nelore em espaços reduzidos:

Foto: Agronova Nelore

Foco em eficiência de pastagem: Em pequenas áreas, a gestão eficiente de pastagens é essencial. Divida os pastos em piquetes menores para controlar o pastejo, evitando a sobrecarga e permitindo a recuperação adequada da vegetação. Práticas como o rodízio de pastagens ajudam a otimizar o aproveitamento da forragem, maximizando o ganho de peso dos animais.

Seleção criteriosa de animais: Opte por animais Nelore que se adaptem bem a ambientes mais restritos. Escolha animais com boa conversão alimentar e que apresentem resistência a condições mais limitadas de espaço. A seleção criteriosa contribui para maximizar a eficiência da criação em áreas pequenas.

Estratégias de reprodução eficientes: Adote estratégias reprodutivas que otimizem o ciclo de reprodução. O uso de protocolos de inseminação artificial, por exemplo, pode permitir o planejamento preciso dos nascimentos, adequando-os às condições ideais de manejo e disponibilidade de recursos.

Integração com agricultura: Se possível, integre a pecuária com atividades agrícolas. A prática de integração lavoura-pecuária pode aumentar a eficiência no uso da terra, permitindo a produção de alimentos para os animais e culturas agrícolas em simultâneo. Isso pode contribuir para uma gestão mais sustentável e diversificada da pequena propriedade.

Implementação de Técnicas Avançadas: A aplicação de técnicas avançadas, como a Terminação Intensiva a Pasto (TIP) mencionada anteriormente, pode ser adaptada para pequenas áreas. A suplementação alimentar estratégica e a gestão eficiente do pasto podem potencializar o ganho de peso dos animais, mesmo em espaços mais limitados.

Comercialização estratégica: Planeje a comercialização dos animais de forma estratégica. Esteja atento às demandas do mercado local e explore oportunidades de venda de carne Nelore de qualidade. Participar de feiras e eventos agropecuários locais pode ser uma maneira eficaz de promover seus produtos e estabelecer parcerias comerciais.

Capacitação e consultoria: Busque capacitação e consultoria especializada para otimizar suas práticas de manejo. Profissionais da área podem fornecer orientações personalizadas para a realidade de sua propriedade, auxiliando na implementação de estratégias mais eficientes.

Ao integrar essas estratégias e adaptá-las às condições específicas da sua pequena propriedade, é possível potencializar a rentabilidade na criação de Nelore mesmo em áreas limitadas. A chave está na gestão eficiente dos recursos disponíveis e na busca contínua por práticas inovadoras que maximizem o desempenho do rebanho.

Escrito por Compre Rural.

Mais Agronotícias